ENFERMAGEM

Postado em 1 de dezembro de 2021 Por Em Notícias E 651 Views

Piso da Enfermagem começa a tramitar na Câmara dos Deputados

Presidente da Casa, Arthur Lira (PP/AL), afirmou que vai pautar a inclusão do projeto na pauta do Plenário na próxima reunião de líderes, que deve ser realizada nesta quinta-feira, 2.

O PL 2564/2020, que cria o piso salarial nacional para trabalhadores da Enfermagem, chegou oficialmente na Câmara dos Deputados na última segunda-feira, 29. O presidente da Casa, deputado Arthur Lira (PP/AL), mostrou-se favorável à medida e sinalizou que o projeto pode ser votado ainda em 2021.  “Essa categoria contribuiu muito, como todos os profissionais de saúde, para o combate à pandemia. Nós teremos uma audiência pública na próxima semana, inclusive, avaliando se não merecia colocar no texto do Senado também as 30 horas. A Câmara tem que fazer gol também, não é só fazer a defesa não”, disse Lira.

A fala de Lira foi em resposta a uma série de apelos feitos ao longo da sessão do plenário por deputados da oposição para que a Casa vote o projeto de lei ainda este ano. Os congressistas tentam reunir assinaturas suficientes para levar o texto à votação diretamente em plenário.

O presidente da Câmara sugeriu que a discussão sobre a inclusão do projeto na pauta do plenário seja feita na próxima reunião de líderes, que deve ser realizada nesta quinta-feira, 2. Ele afirmou ainda que as comissões devem realizar audiência pública na semana que vem para discutir o texto.

O presidente da CNTS, Valdirlei Castagna, afirmou que a mobilização da categoria não pode parar. “A Confederação continuará dialogando e pressionando os parlamentares para que o projeto seja aprovado e para que não haja nenhuma redução no valor do piso. Mas a categoria também tem que continuar a mobilização. Fale com o parlamentar do seu estado e peça apoio a esta grande causa. O Congresso Nacional tem uma dívida com a Enfermagem e precisamos continuar cobrando”.

Fonte: CNTS

Foto – Tchélo Figueiredo/Gov. MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *